Studium Generale: aprendendo medicina pelas relações sociais

  • Marco Aurélio Monteiro
Palavras-chave: Studium Generale, humanização na saúde, educação médica, empatia

Resumo

Studium Generale (SG) é um módulo curricular vertical que compõe a matriz curricular do Curso de Medicina da Faculdade de Ciências da Saúde Dr. Paulo Prata – FACISB. É composto por oito semestres do Curso de Medicina que permeiam todo o Ciclo I “Integração Básico-Clínica”, com uma carga horária total de 320 horas. O módulo tem como objetivos gerais estimular o pensamento crítico dos discentes para sua futura prática profissional na sociedade vigente, assim como potencializar o desenvolvimento tanto pessoal quanto profissional para além de sua formação específica, proporcionando aos discentes uma visão holística do ser humano e do seu papel social, político, humano e profissional enquanto um futuro profissional da saúde do século XXI. Propiciar uma base consistente de humanização, empatia e alteridade para que se estabeleça uma futura relação médico-paciente tendo esses valores como diretriz, é um objetivo que também se faz presente. Assim busca-se por meio da dramatização, da literatura, do cinema, da música, da poesia, de leituras compartilhadas, de exposições culturais, literárias, históricas, de sensibilizações, de dinâmicas, atividades que contribuam para a obtenção de um senso crítico-reflexivo e uma maior sensibilização frente às questões sociais. O Studium Generale por todas essas particularidades, com todo esse diferencial e destaque, só pode acontecer devido aos valores e à filosofia da Faculdade e, desta maneira, são relatadas três experiências que caminham nesse sentido. 

Publicado
2018-11-06
Seção
Artigos